Gestantes e puérperas podem se vacinar contra a gripe a partir de segunda (2) em Curitiba

Grupo prioritário entra no calendário municipal de imunização, seguindo a determinação do Ministério da Saúde.

Redação - 01 de maio de 2022, 10:26

(Foto: Ricardo Marajó/SMCS)
(Foto: Ricardo Marajó/SMCS)

Gestantes e puérperas podem se vacinar contra a gripe a partir desta segunda-feira (2) em Curitiba. O grupo prioritário entra no calendário municipal de imunização, seguindo a determinação do Ministério da Saúde.

As vacinas estarão disponíveis de segunda a sexta-feira, em 97 unidades da capital paranaense, das 8 às 17 horas. 

A nível municipal, são vacinados contra o vírus Influenza, ainda, outros grupos. São eles:

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade
  • Idosos com 60 anos completos ou mais

Para ser vacinado, deve ser levado um documento com foto e o CPF. No caso da vacinação infantil, é preciso apresentar a identificação da criança e um documento com foto e o CPF do responsável pela criança.

Em Curitiba, continua obrigatório o uso de máscaras em serviços de saúde.

VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE NO PARANÁ

A campanha estadual de vacinação contra a gripe também segue a determinação federal e abrange os seguintes grupos prioritários. São eles:

  • Até o dia 30 de abril: idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a cinco anos incompletos (este último apenas no 'Dia D)
  • A partir de 2 de maio: crianças de seis meses até cinco anos incompletos; gestantes e puérperas; indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança, salvamento e armadas; caminhoneiros; trabalhadores do transporte urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; população carcerária; e pessoas de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas

O imunizante é produzido pelo Instituto Butantan e tem trivalência contra os vírus H1N1, H3N2 e a cepa B.

Mesmo com essas determinações a nível federal e estadual, a campanha de vacinação pode ter variações de público, de acordo com cada município.