Governo divulga tabela com vencimentos do IPVA 2018

Fernando Garcel


O Governo do Estado divulgou a tabela de vencimentos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em 2018. Conforme dados da Secretaria de Estado da Fazenda, o Paraná conta com 4,3 milhões veículos tributados e 2,6 milhões não tributados. A frota de veículos que será tributada no Estado no ano que vem teve redução de 1,37%, enquanto a de não tributados teve crescimento de 5,24%, em razão de ano de fabricação ou de isenções legais.

O pagamento do IPVA 2018 começa no dia dez do mês que vem e o Estado vai conceder desconto de 3% aos contribuintes que optarem pela quitação em parcela única, conforme calendário por final da placa. Desta vez, o vencimento da primeira cota será distinto do da cota única. Para cota única o calendário terá início em dez de janeiro e, o da primeira cota, em 22 de janeiro. Quem preferir, pode pagar em três parcelas, sem acréscimos, nos meses de janeiro, fevereiro e março, também observando os vencimentos de acordo com o último número da placa. Confira os vencimentos na tabela abaixo.

Segundo pesquisa da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), os proprietários de veículos usados vão pagar menos imposto no ano que vem – a desvalorização média foi de 3,46% no preços. A maior parte da frota (4,3 milhões de veículos tributados) terá alíquota de 3,5% e o Estado espera arrecadar R$ 3,2 bilhões – 3,57% a mais que neste ano.

No Paraná, IPVA ficará 3,5% mais barato em 2018
Créditos do Nota Paraná para abater IPVA são usados por 104 mil pessoas

Capturar

Pendências

Contribuintes que possuam pendências relativas ao pagamento de IPVA serão inscritos no Cadin (Cadastro Informativo Estadual) e terão restrições no relacionamento com o governo, o que inclui o não recebimento de créditos e prêmios do Programa Nota Paraná.

Os que não pagarem o imposto nos prazos definidos pela legislação terão multa de 10% e os valores sofrerão acréscimo de juros. Os veículos que estiverem com débitos do IPVA não receberão o licenciamento anual emitido pelo Detran/PR e ficam impedidos de transitar nas vias públicas, sob risco de retenção e aplicação de multas pelas autoridades de trânsito.

A inadimplência também impede a transferência de propriedade do veículo e insere o contribuinte na condição de devedor de tributos, restringindo a obtenção de Certidão Negativa de Débitos Tributários.

 

Previous ArticleNext Article