Governo do Paraná irá pedir suspensão do aumento na tarifa de água

Jorge de Sousa

Governo do Paraná irá pedir suspensão do aumento na tarifa de água

O Governo do Paraná informou na noite desta quarta-feira (26) que irá pedir a suspensão do aumento na tarifa de água anunciado nesta terça-feira (25) pela Agepar (Agência Reguladora do Paraná).

Segundo o Governo do Paraná, “o reajuste compromete ainda mais o orçamento doméstico de grande parte da população, que já convive com a queda de renda em razão dos efeitos adversos da pandemia do novo coronavírus sobre o mercado de trabalho e também por causa da calamidade hídrica”.

O pedido de suspensão será encaminhado a Agepar por meio da PGE (Procuradoria-Geral do Estado).

O aumento de 9,62% na tarifa de água estava previsto para ser aplicado a partir de 31 de outubro, sendo feito de forma parcial em novembro e definitivo em dezembro.

O aumento na tarifa de água deveria ter sido realizado no mês de abril, mas devido a pandemia da Covid-19 a Agepar decidiu suspender essa homologação até o mês de agosto.

O cálculo para chegar no aumento de 9,6% foi realizado da seguinte forma pela Agepar:

  • 6,1860% é referente a uma composição de indexadores que incidem na variação da cesta dos índices (IPCA, IGP-M e INPC) mais a variação de custos (energia elétrica, produtos químicos utilizados no tratamento da água, entre outros);
  • 3,4439% é referente à quarta parcela do diferimento tarifário. Este diferimento recompõem a tarifa do congelamento ocorrido entre 2005 e 2010 e foi aprovado em 2017, na Revisão Tarifária Periódica (RTP) da Sanepar.

LEIA MAIS: Fábricas que produziam álcool em gel irregular são descobertas em Curitiba e região

Previous ArticleNext Article