Governo amplia capacidade de testes diários da Covid-19 em 830% no Paraná

CBN Curitiba


O Governo do Paraná amplia a capacidade de testes diários para diagnósticos da Covid-19 em 830% no Estado, saltando de 600 para 5.600.

A previsão é que a operação entre em funcionamento na segunda quinzena de maio. O aumento é resultado de uma parceria entre o Laboratório Central do Estado, Lacen, e o Instituto de Biologia Molecular do Paraná, IBMP, ligado à Fundação Oswaldo Cruz, Fiocruz.

“O Estado é um dos que mais vem testando pessoas no Brasil. Nós temos um volume de teste muito grande, inclusive, o teste que é o Gold Standard, que é o mais preciso, além de 25 mil testes rápidos que estamos fazendo em 60 pontos sentinelas”, disse Ratinho Junior.

Atualmente são realizadas cerca de 600 avaliações de amostras diariamente. Com a instalação de oito novas plataformas para testes, totalizando dez estruturas à disposição do combate ao coronavírus, somente o Instituto terá condição de fazer mais 5 mil exames a cada 24 horas.

Assim, o raio de ação do procedimento pode ser consideravelmente ampliado, incorporando, por exemplo, maiores de 65 anos e pessoas que apresentem alguma vulnerabilidade.

O Secretário de Estado da Saúde, Beto Preto disse que será possível aperfeiçoar as estratégias de combate à doença.

“É um dos testes mais específicos, eu diria, que são os testes RT-PCR, que conseguem detectar a doença no organismo das pessoas. É um passo importante que o Paraná está dando, ajuda a fazer diagnósticos precisos, e com a somatória de esforços com os testes rápidos vamos ter um belo arsenal”, afirmou o secretário.

A meta é entregar o resultado dos exames em até 48 horas.

Previous ArticleNext Article