Greve dos vigilantes pode afetar atendimento em bancos

Os trabalhadores ligados ao Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região Metropolitana (RMC) decidiram entrar em greve ..

Andreza Rossini - 05 de fevereiro de 2017, 19:11

Os trabalhadores ligados ao Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região Metropolitana (RMC) decidiram entrar em greve a partir da próxima terça-feira (7).

A categoria reivindica reajuste do piso salarial para R$ 1.700,00 e vale alimentação de R$ 30,00. O sindicato patronal ofereceu reajuste do piso pelo INPC, que passaria de R$ 1561,00 para R$ 1654,00.

Já o vale-alimentação passaria de R$ 25,04 para 26,50. A categoria conta com aproximadamente 1.500 vigilantes em Curitiba e Região Metropolitana, que realizam segurança de bancos, empresas e indústrias.

Os bancos não podem prestar atendimento ao público sem a presença de vigilantes e por isso podem ser obrigados a parar o atendimento durante a greve da categoria.