Grupo que aplicava golpe durante venda de utensílios domésticos é alvo da PCPR

Nesta quarta-feira (24), um grupo suspeito de aplicar golpe durante a venda de utensílios domésticos é alvo da PCPR (Pol..

Redação - 24 de junho de 2020, 07:38

Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil

Nesta quarta-feira (24), um grupo suspeito de aplicar golpe durante a venda de utensílios domésticos é alvo da PCPR (Polícia Civil do Paraná) em Curitiba e Região Metropolitana. Serão cumpridos 10 mandados de prisão temporária e nove de busca e apreensão.

O grupo é suspeito de mais de 13 crimes ocorridos entre fevereiro e maio. As ordens judiciais serão cumpridas em seis cidades do Paraná e de São Paulo, veja abaixo:

  • Curitiba;
  • Quatro Barras;
  • Fazenda Rio Grande;
  • Piraquara;
  • São José dos Pinhais;
  • Embu das Artes, em São Paulo;

GRUPO SIMULAVA FALHA NA MÁQUINA DE CARTÃO DURANTE VENDA DE UTENSÍLIOS DOMÉSTICOS

De acordo com as investigações, o grupo se dividia em três equipes, que ofereciam os produtos domésticos como, por exemplo, lençóis, panelas e toalhas, de porta em porta, em Curitiba e na Região Metropolitana.

Quando a vítima inseria o cartão e digitava sua senha, era simulada uma falha na transação. E após isso repetida a operação diversas vezes, inclusive, com valores mais altos do que os cobrados pelos produtos.

Segundo a PCPR, 14 pessoas registraram Boletim de Ocorrência contra os golpistas. Outras denúncias, que relataram situações semelhantes, aguardam para fazer o reconhecimento dos criminosos.

No golpe, o grupo usava um Ford/Fusion, um Fiat/Pálio e um Fiat/Punto no crime.