Grupo queima pneus em protesto pela morte de jovem na BR-277

Fernando Garcel


Um grupo de manifestantes fechou a BR-277, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, por 30 minutos em protesto pela morte de um morador em um confronto com a polícia na tarde deste domingo (21).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), amigos e familiares de Leandro Pires Cordeiro, de 18 anos, interditaram a rodovia na altura do quilômetro 72 da pista sentido Curitiba, próximo do acesso ao Contorno Leste. Eles pediam providências e esclarecimentos sobre a situação e queimaram pneus.

A rodovia ficou fechada por trinta minutos e o congestionamento passou de 7 quilômetros, segundo a PRF. A pista foi completamente liberada às 17h35.

Confronto

Leandro foi baleado pela Polícia Militar em um suposto confronto por volta das 15 horas embaixo do viaduto do Contorno Leste, na pista sentido Curitiba.

Em entrevista à Rádio Banda B, o tenente Rafael Gumbowisky declarou que a PM foi acionada por uma escrivã da Polícia Civil que teria informado que um motociclista estaria com uma arma na cintura na região. Viaturas se deslocaram até o local, tentaram fazer uma abordagem mas Leandro teria reagido e disparado contra os policiais. Ele foi atingido, arremessado da moto em movimento e morreu no local.

Os familiares e amigos rechaçam a versão da PM e afirmam que os policiais dispararam porque Leandro estaria empinando a motocicleta.

Previous ArticleNext Article