Homem é queimado vivo em praça de Curitiba; IML trabalha em identificação

Fernando Garcel


Um homem foi queimado vivo na Praça Joaquim Menelau de Almeida Torres, no bairro Hauer, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (21). A principal hipótese é de que seja um morador de rua, que costumava dormir no local, e trabalhava como guardador de carros na região.

O crime teria acontecido por volta das 20h30. Alguns moradores da região chegaram a ver o fogo na praça mas relatam não ter imaginado que se tratava de uma pessoa e por isso a polícia não foi acionada imediatamente.

Segundo o delegado da Divisão de Homicídios, Osmar Feijó, moradores de rua usam o local para passar a noite. “Havia um colchão onde essa e outras pessoas passavam a noite. Agora, a equipe da DHPP vai tentar levantar a identificação dessa vítima”, disse Feijó em entrevista à Rádio BandNews.

O corpo só foi encontrado com a chegada dos bombeiros no local. A principal hipótese é de que o ato tenha sido criminoso, apesar de não estar descartada a possibilidade de o homem tenha se queimado sozinho. A Polícia Civil investiga o caso.

Foto: Colaboração

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="588067" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]