Homem é salvo de incêndio e preso em seguida por estupro de vulnerável

Fernando Garcel

Um homem, de 40 anos, foi preso após ser salvo de um incêndio em Bituruna, no Sudeste do Paraná, na noite da última terça-feira (19). No hospital, agentes descobriram que ele tinha um mandado em aberto após ser condenado a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável.

O incêndio teria começado por volta das 22 horas, no bairro Nossa Senhora Aparecida, e a equipe policial da região e o Corpo de Bombeiros foram acionados. No local, os agentes encontraram um vizinho retirando o homem já desacordado da residência em chamas. Havia muita fumaça no local.

Desacordado e sem pulsação, o homem recebeu duas tentativas de massagem cardíaca e voltou a respirar. Ele foi encaminhado para o Hospital São Vicente de Paula. Lá, os agentes checaram a identidade do homem e descobriram que ele tinha um mandado de prisão em aberto, emitido pela 2ª Vara Criminal de União da Vitória, por crime de estupro de vulnerável.

Após receber alta, o homem foi encaminhado para a 4ª Subdivisão Policial, em União da Vitória, permanece preso e aguarda transferência para o sistema prisional.


Post anteriorPróximo post