Homem furta placas de bronze de cemitério seis dias após deixar a prisão

Francielly Azevedo


Um homem, de 22 anos, foi preso nesta quinta-feira (2), no Cemitério Água Verde, em Curitiba, por furtar placas de bronze. O jovem carregava uma mochila com 15 placas de identificação de túmulos quando foi abordado pela Guarda Municipal.

A abordagem aconteceu durante a madrugada, quando os guardas faziam a ronda de rotina e avistaram o suspeito. Conforme a Guarda, ele também estava com três cadeados que tinham sido quebrados.

O suspeito estava em liberdade provisória desde a última sexta-feira (27). Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

DIVERSOS CASOS

Na semana passada, também no Água Verde, foi presa uma mulher de 34 anos com um mochila cheia de peças de bronze furtadas do local. A suspeita ainda tentou fugir e, na delegacia, apresentou nome falso.

Em junho, um homem de 39 anos foi flagrado com cinco placas de bronze que tinham sido retiradas momentos antes dos túmulos, além de facas, alicate e talhadeira. Segundo o suspeito, o material seria vendido em um depósito no bairro Parolin.

“A Guarda Municipal tem combatido de forma efetiva esse tipo de crime nos cemitérios. Viaturas e motos do núcleo regional da Defesa Social reforçam a presença ostensiva dos guardas municipais lotados 24 horas por dia no cemitério do Água Verde”, afirma o diretor da corporação Odgar Nunes Cardoso.

**Com informações da Prefeitura de Curitiba**

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.