Homem morre eletrocutado após temporal em Paranaguá

Com BandNews CuritibaUm homem de 50 anos, morador da Colônia Quintilha, em Paranaguá, no litoral do estado, morreu eletr..

Mariana Ohde - 13 de janeiro de 2017, 10:44

Com BandNews Curitiba

Um homem de 50 anos, morador da Colônia Quintilha, em Paranaguá, no litoral do estado, morreu eletrocutado na noite desta quinta-feira (12). De acordo com a Defesa Civil, a morte tem ligação com o temporal que atingiu a cidade. O corpo da vítima foi encontrado no quintal da residência e encaminhado ao Instituto Médico Legal. Exames no IML confirmaram que o homem morreu depois de uma descarga elétrica.

O guarda da Defesa Civil, Altair Vieira Rosina, explica que a hipótese é de que um fio de energia tenha atingido a água no quintal e causado a descarga elétrica. "Ele foi mexer em alguma coisa, a chuva estava causando algum problema no terreno dele, que ele precisou solucionar", conta.

Cinco bairros de Paranaguá continuam com pontos de alagamento, mas todos os moradores já conseguiram voltar para suas casas. Segundo o Simepar, a chuva em Paranaguá bateu um recorde: foram 157 milímetros. É o maior registro de acumulado diário no município até hoje.

Altair Vieira Rosina explica, ainda, que houve o aumento da maré, o que contribuiu para o número de ocorrências. "A cidade se encontra no nível do mar e, quando chove muito, por muito tempo, . Choveu direto na noite e madrugada, e coincidiu com a cheia da maré, então não tem para onde escoar a água", explica.

De acordo com o Simepar, nos próximos dias, ainda há previsão de chuvas isoladas, mas não com tanta intensidade como a registrada nesta quarta-feira (11). O guarda da Defesa Civil lembra que é importante tomar alguns cuidados antes e depois dos temporais. "Quando passar de meia hora de chuva, comece a levantar seus móveis, em uma altura confortável. E evite deixar as crianças circularem nas ruas, brincando em áreas alagadas, devido ao perigo de contágio, de leptospirose e outras doenças. A gente tem pedido para as pessoas lavarem as calçadas com cloro, para evitar a contaminação em suas residências", lembra.

Moradores da Vila São Jorge, em Paranaguá interditaram a BR-277 na tarde de hoje, próximo ao quilometro 4. Eles pediam a intervenção do governo municipal para evitar novos alagamentos na região. O transito ficou bloqueado por pelo menos uma hora. A Defesa Civil iniciou uma campanha de doação de alimentos e materiais de limpeza para as vítimas do alagamento.

Os kits podem ser levados na Defesa Civil no Aeroparque, no Ginásio Joaquim Tramujas, no centro da cidade ou no quartel municipal da Guarda Civil de Paranaguá.