Homem é preso realizando extração ilegal de quartzito em Campo Largo

Mirian Villa

As estimativas apontam que os autores podem ter causado prejuízo de cerca de R$ 20 milhões

Na última sexta-feira (17), um homem que realizava extração ilegal de quartzito foi preso em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. A ação ocorreu após perícia realizada pela PF (Polícia Federal) em uma empresa localizada na região metropolitana.

Foi verificado que no local estava sendo realizada extração ilegal do minério, sem a autorização da ANM (Agência Nacional de Mineração) e sem licença ambiental do IAP.

O preso foi autuado em flagrante pelo crime de usurpação de bens da União e foi encaminhado a custódia da Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

As estimativas iniciais apontam que os autores podem ter causado prejuízo de cerca de R$ 20 milhões nos últimos 8 anos em uma área aproximada de 50 mil metros quadrados. A pena para esse crime pode chegar a cinco anos de detenção.

Previous ArticleNext Article