Homem é preso com carga de skunk avaliada em R$ 2 milhões no Paraná

Redação

Operação Pandemia: Investigação contra facção criminosa prende oito pessoas no Paraná

Um homem foi preso nesta quarta-feira (1) em sua residência no município de Goioerê, Região Centro Ocidental do Paraná, com 50,5 quilos de skunk, avaliados em R$ 2 milhões.

A prisão foi feita em uma operação em conjunto do MPPR (Ministério Público do Paraná) e pela PMPR (Polícia Militar do Paraná).

A skunk é uma droga derivada da maconha, que tem maior percentual de concentração de THC (tetra-hidrocanabinol), passando de atém 4% do tipo comum para até 17% nesse tipo.

Na cada do suspeito também foram apreendidos um jetski, celulares e computadores. Segundo o MPPR, o homem mostrava em suas redes sociais um estilo de vida que não condizia com sua renda, apresentando fotos de viagens, festas e carros de luxos.

Previous ArticleNext Article