Homem que confessou ter matado os ex-sogros é transferido para a Capital

Redação


Uma semana após a prisão, Sérgio Luiz Baduy, homem que matou os ex-sogros a facadas no Bairro Alto, em Curitiba, foi transferido para a capital paranaense. Ele estava preso em Florianópolis, depois de ser flagrado na BR-101.

Ele deve prestar depoimento à PCPR (Polícia Civil do Paraná) nesta sexta-feira (5). No momento da prisão, em Santa Catarina, ele confessou o crime e disse que tentou tirar a própria vida, aós cometer o assassinato.

A polícia desconfia que Sérgio Luiz Baduy invadiu a residência dos ex-sogros com uma corda, durante a madrugada, e matou o casal, de 56 e 53 anos. Após o crime, o suspeito ainda enviou um áudio para um amigo, pedindo que avisasse a ex-mulher.

“Liga para ela e fala para ir até a casa dos pais com a polícia”, afirmou no áudio. A ex-mulher foi até a casa dos pais, mas não teve resposta na porta da casa. Com a ajuda dos vizinhos, encontraram o casal morto.

Além disso, a polícia também alega ter sido avisada do crime em outro áudio enviado pelo suspeito. “Vou pegar uma pena pesada, pelo meu ato, fui consciente em tudo que eu fiz. Fiquei muito revoltado e por isso que eu cometi isso. Cometi consciente, sabendo o que eu estava fazendo”, disse ele à corporação.

A PCPR ainda investiga o caso, buscando imagens de câmeras na região para verificar como Baduy chegou no local do crime e se agiu sozinho.

Contudo, já se sabe que o homem estava separado da ex-mulher há seis meses, mas que insistia em reatar. Eles moravam em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e Baduy já havia sido alvo de dois boletins de ocorrência por violência doméstica.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="801458" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]