Índice de assassinatos causa reunião em Sarandi

A quantidade de homicídios registrados esse ano em Sarandi – oito em dois meses, o dobro do que foi registrado no mesmo ..

Julie Gelenski - 02 de março de 2017, 11:26

A quantidade de homicídios registrados esse ano em Sarandi – oito em dois meses, o dobro do que foi registrado no mesmo período em Maringá – foi tema de uma reunião ontem na cidade. Participaram do encontro o prefeito Walter Volpato (PSDB), o comandante da Polícia Militar da cidade Capitão Gilson Dias, o delegado Adão Wagner Rodrigues, além de integrantes da Guarda Municipal e da Câmara Municipal.

A intenção é desenvolver operações conjuntas, principalmente no combate ao tráfico de drogas. Segundo o delegado, os homicídios registrados em Sarandi são motivados pela venda e consumo de entorpecentes. Rodrigues assumiu o cargo há aproximadamente 20 dias e tem pelo menos 1.200 inquéritos em andamento na delegacia, sendo 90% por crimes ligados ao tráfico.

“Precisamos que a população denuncie através do 181 os pontos de venda de drogas. É um serviço importante, sigiloso e que vai ajudar e muito a polícia”, disse o delegado. Em 2016, 21 pessoas foram vítimas de homicídio em Sarandi.