Indulto de Natal: 67 presos não retornam às cadeias

Andreza Rossini

Com Metro Curitiba

Dos 1.540 presos que cumprem pena em regime semiaberto e foram beneficiados com a saída temporária no fim de ano no Paraná, 67 não retornaram.

O balanço divulgado na quinta-feira (11) pelo Depen (Departamento Penitenciário do Paraná) mostra um índice de evasão de 4,35%, número similar ao do ano passado, com uma leve diminuição, Lá 4,99% dos detentos não voltaram.

Como não se apresentaram nas unidades penais no prazo estabelecido, os 67 agora são considerados foragidos. As unidades vão comunicar o Poder Judiciário para que seja expedido um novo mandado de prisão. As saídas temporárias estão fundamentadas na Lei de Execução Penal (n° 7.210/84).

O benefício visa a ressocialização de presos por meio do convívio familiar e da atribuição de mecanismos de recompensas e de aferição do senso de responsabilidade e disciplina do reeducando.

A Colônia Penal Agroindustrial do Paraná, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, é a unidade de regime semiaberto que terá o maior número de beneficiados, com 1.030 liberações.

Nas outras unidades penais do Paraná serão: 202 do Centro de Reintegração Social de Londrina; 228 da Colônia Penal Industrial de Maringá; 118 do Centro de Regime Semiaberto de Guarapuava; 48 do Centro de Regime Semiaberto de Ponta Grossa; 105 da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão e um detento da Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook