Inmet divulga alerta de supertempestades para o Sul do Brasil

Mariana Ohde


Com BandNews Curitiba

Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estão em alerta para tempestades intensas ao longo desta quarta-feira (9). O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um aviso com projeções de chuvas muito fortes, com acumulados de até 100 mm, e que podem ser acompanhadas de raios, rajadas de vento entre 61 km/h e 99 km/h e até granizo.

O aviso foi iniciando nesta quarta-feira e alerta também para a possibilidade de “estragos consideráveis”, risco de queda de galhos de árvores, alagamentos, incidência de descargas elétricas e granizo.

Causas das supertempestades

Algumas áreas de baixa pressão atuam sobre a região e estão mais intensas do que o normal, segundo o meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar. “[A tempestade ocorre devido à] maior instabilidade por causa da combinação desses fatores – calor, umidade e também as áreas de baixa pressão”, explica.

Além do interior, a chuva já chegou à Grande Curitiba e o alerta vai até o período da noite. “Hoje, o sistema está mais intenso”, afirma, “as chuvas ficam mais fortes, mais persistentes e a intensidade dos ventos também acaba aumentando”, afirma Reinaldo.

No Paraná, o aviso do instituto vale, principalmente, para a região metropolitana da capital e o litoral e também para os setores regiões central, sul, sudoeste, oeste e norte do estado. Os temporais serão fortes, mas devem ocorrer apenas hoje. Nesta quinta-feira (10), as chances de chuvas intensas diminuem. 

Confira as ações recomendadas pelo instituto:

  • Abrigue-se da chuva torrencial que poderá estar acompanhada de granizo e causar inundações.
  • Não se abrigue debaixo de árvores, nem em frágeis coberturas metálicas, pois há riscos de quedas.
  • Desligue aparelhos elétricos, quadro geral de energia e o gás.
  • Coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido.
  • Revise a resistência da sua casa, principalmente o madeiramento de apoio do telhado.
  • Não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda (risco de queda pelo vento).
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Fotos dos ouvintes BandNews Curitiba: Alex Franz/Ricardo Mores/Welton/Claudio Vinicius/Juliano Machado/Ricardo Pereira

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal