Jabutis são furtados de zoológico em Foz do Iguaçu

Redação

Jabutis são furtados de zoológico em Foz do Iguaçu

11 jabutis foram furtados do zoológico Bosque Guarani, em Foz do Iguaçu, região oeste do Paraná. O crime foi registrado na última quinta-feira (23), mas foi divulgado pela Polícia Civil apenas no início desta semana.

Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, os suspeitos invadiram a cerca do Bosque Guarani, cortaram a grade do espaço em que ficam os jabutis e levaram 11 dos 24 animais.

O local não conta com iluminação para não atrapalhar o sono dos animais do Bosque Guarani e também não tem sistema de vigilância com câmeras de segurança.

Mas a Secretaria Municipal de Meio Ambiente afirmou que irá instalar um sistema de monitoramento por câmeras e que solicitou a Secretário de Segurança Pública e Diretores da Guarda Municipal a melhora da segurança no local.

Os suspeitos do crime devem ser denunciados pelos delitos de vandalismo e furto, sendo que qualquer pessoa que comprar um desses jabutis pode ser autuada por receptação.

UM DOS JABUTIS JÁ FOI RECONDUZIDO AO ZOOLÓGICO

Após uma denúncia de um membro de instituição de defesa dos direitos dos animais de Foz do Iguaçu, a Polícia Civil conseguiu recuperar um dos jabutis que havia sido vendido para uma mulher.

O jabuti chamado Aristides já foi reconduzido ao zoológico e junto dos demais animais de sua espécie foram instalados provisoriamente no criadouro das araras, que conta com maior segurança.

Aristides e os demais jabutis contam com microchips de identificação, embora esse recurso não permita o rastreamento desses animais.

O Bosque Guarani é o terceiro maior zoológico do Paraná e tem em sua maioria animais que foram recuperados em ações policiais contra o contrabando animal.

Previous ArticleNext Article