Jovem com Covid-19 fura quarentena para visitar avó no hospital e frequentar churrasco

Redação

Covid-19: Curitiba registra novos 477 casos e 13 óbitos no início da bandeira amarela

Um jovem de 22 anos diagnosticado com Covid-19 deixou de cumprir o isolamento domiciliar para vistar avó no hospital e participar de um churrasco com amigos. Ele mora em Jaguapitã, na região norte do Paraná. A idosa está internada, também com a suspeita de ter contraído o coronavírus.

Alvo de uma ação civil pública, ele foi obrigado pela Justiça a cumprir o isolamento domiciliar recomendado pela Secretaria Municipal da Saúde de Jaguapitã. A juíza da Vara da Fazenda Pública de Jaguapitã determinou uma multa de R$ 10 mil caso o jovem descumpra a decisão judicial.

Por ter colocado a vida de terceiros em risco, o MPPR (Ministério Público do Paraná) também pede que ele seja condenado a pagar R$ 30 mil como forma de compensação pelos danos sociais causados pela irresponsabilidade.

Além da punição administrativa, o homem de 22 anos também está sujeito a um processo criminal. Ele deve responder no Juizado Especial Criminal por infração de medida sanitária preventiva. O crime tem pena prevista de um mês a um ano de prisão, além de multa.

Previous ArticleNext Article