Jovem paranaense é encontrada morta em Campinas; namorado é o principal suspeito

BandNews FM Curitiba

Uma formanda de medicina, natural de Toledo, no estado do Paraná, foi encontrada morta dentro do apartamento onde morava em Campinas, no interior de São Paulo. O corpo de Marilia Camargo de Carvalho, de 25 anos, foi encontrado no início da manhã de domingo (8), depois que o namorado dela, Rafael Garcia, de 27 anos, se jogou do 16º andar do prédio.

Segundo a polícia, a jovem tinha sinais de asfixia. O caso foi registrado como feminicídio – quando o crime é cometido contra a mulher pelo fato de ela ser mulher. A estudante da PUC-Campinas tinha terminado o curso de medicina recentemente. O baile de formatura da turma dela está marcado para o próximo sábado, dia 21 de julho. Já o namorado, principal suspeito pela morte da jovem, era formado em educação física. Dois notebooks, dois celulares e um tablet foram apreendidos e encaminhados para a perícia.

O caso foi registrado pelo 1º Distrito Policial de Campinas, mas vai ser encaminhado ao 3º Distrito, que é a área onde o crime ocorreu. A universidade se manifestou em nota afirmando que recebeu a notícia com pesar, que lamenta profundamente a perda da aluna e se solidarizam com a dor da família. O pai de Marília também é médico e atua em um centro de diagnóstico em Toledo.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook