câmara federal
Compartilhar

Justiça proíbe realização de festa erótica para adolescentes

O juízo da Vara da Infância e Juventude da Cidade Gaúcha, no noroeste do Paraná, proibiu a realização de uma festa chama..

Andreza Rossini - 23 de maio de 2017, 11:24

O juízo da Vara da Infância e Juventude da Cidade Gaúcha, no noroeste do Paraná, proibiu a realização de uma festa chamada de "Noite das Patroas" que tinha adolescentes como público-alvo.

De acordo com o Ministério Público, a festa foi divulgada em redes sociais com vídeo promocional contendo cenas de mulheres com menos de 18 anos usando roupas sensuais e com músicas de cunho erótico.

O evento estava programado para acontecer na última sexta-feira, dia 19.

A festa foi considerada inadequada para o público-alvo e não existia autorização judicial para o evento, conforme determinado em lei.

A realização do evento foi proibida sob pena de multa de R$ 50 mil. O proprietário do estabelecimento que promoveria a festa também é réu em ação penal por suposta venda de bebida alcoólica a menores.

O material de divulgação foi retirado das redes sociais.