Laudo aponta que motorista que matou estudante estava a 114km/h

William Bittar - CBN Curitiba

racha mata estudante curitiba

Um laudo feito pelo Instituto de Criminalística do Paraná apontou que o motorista Fernando Rocha Fabiane de 26 anos estava a 114km/h quando atropelou e matou a estudante universitária Caroline Beatriz Olímpio de 19 anos, na manhã do dia 12 de março, na Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, no bairro CIC, em Curitiba.

Além disso, o motorista Nicholas Henrique Castro de 22 anos estava a 88km/h, também com velocidade acima da permitida na via.

Segundo o documento, a velocidade máxima permitida na via é de 60km/h.

Fernando e Nicholas deixaram o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na terça-feira (24), após decisão do juiz Daniel Surdi de Avelar da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Os dois foram acusados de homicídio qualificado por meio cruel, pois, segundo a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), praticavam um racha na via quando Fernando Rocha atingiu a estudante que tentava atravessar a rua.

O QUE DIZEM OS ADVOGADOS

A defesa da família de Caroline, representada pelo advogado Jeffrey Chiquini, disse que o laudo “comprova que os acusados fizeram de seus veículos armas com potencial para matar. As velocidades demonstram a prática de corrida clandestina em via pública”.

Já a defesa de Fernando Rocha Fabiane, informou que “terá a oportunidade de apresentar, no curso do processo, sua resposta técnica à acusação contida na denúncia”.

A CBN Curitiba fez contato com a defesa de Nicholas Henrique Castro e aguarda retorno.

Previous ArticleNext Article