Leilão do Evangélico é remarcado para agosto

O Hospital Evangélico e a Faculdade de Medicina tiveram os valores estimados em R$ 217 milhões. O edital está em elabora..

Cristina Seciuk - CBN Curitiba - 22 de maio de 2018, 17:19

O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, participou na manhã deste domingo (24) do abraço simbólico no Hospital Evangélico, que reuniu cerca de 500 pessoas. Foto: Divulgação
O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, participou na manhã deste domingo (24) do abraço simbólico no Hospital Evangélico, que reuniu cerca de 500 pessoas. Foto: Divulgação

O Hospital Evangélico e a Faculdade de Medicina tiveram os valores estimados em R$ 217 milhões. O edital está em elaboração e deve ser publicado nos próximos dias.  Conforme informação do leiloeiro designado pela Justiça, Helcio Kronberg, há quatro grupos interessados na compra do hospital.

Além de pagar dívidas trabalhistas, tributárias e bancárias, (que giram em torno de R$ 320 milhões) a decisão judicial pelo leilão é por resguardar o interesse da saúde pública, mantendo o foco de atividade do hospital e da faculdade.

A Justiça determinou a venda conjunta para manter 60% dos leitos atuais com atendimento ao SUS e de parte dos postos de trabalho. Atualmente o Evangélico atende de 25 a 30 mil pacientes ao mês, 95% deles pelo sistema público.

Ainda conforme determinado judicialmente, a faculdade deve seguir ofertando a graduação de Medicina e dos cursos de pós-graduação, sendo obrigatória sua aquisição por alguma instituição de Ensino Superior credenciada pelo Ministério da Educação,

O comprador poderá parcelar o valor em 60 meses mediante entrada de 20% e haverá ainda possibilidade de compensação de créditos trabalhistas nas parcelas. Também fica aberta a possibilidade de formação de consórcio para garantir a aquisição.