Licitação para anteprojeto de duplicação da PR-412 chega ao fim

Anúncio foi feito pelo DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná). Quem venceu foi um consórcio formado por duas empresas.

Redação - 26 de abril de 2022, 15:43

(Foto: José Fernando Ogura/AEN)
(Foto: José Fernando Ogura/AEN)

A licitação para a realização de um anteprojeto de duplicação da PR-412, no trecho entre Guaratuba e a Garuva, na divisa com Santa Catarina, chegou ao fim na segunda-feira (25). O anúncio foi feito pelo DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná).

O anteprojeto não significa a realização da obra, mas prevê o aproveitamento integral quando for feita. 

Quem venceu a licitação foi um consórcio formado pelas empresas Vitis Engenharia Ltda e Engmetria Engenharia Ltda. A proposta foi aceita por ter sido ofertado o maior valor e a dupla ter todas as documentações exigidas para a realização do processo. 

O investimento final será de R$ 657 mil. Agora, a próxima etapa é a homologação do resultado pelo DER-PR. Na sequência, o contrato deve ser assinado e uma ordem de serviço vai autorizar a realização dos estudos.

DUPLICAÇÃO DO TRECHO ENTRE GUARATUBA E GARUVA

A duplicação de parte da PR-412, no trecho entre Guaratuba e Garuva, na divisa com Santa Catarina, entrará em fase de estudo. O anteprojeto consiste nessa etapa, de análises e documentações.

O edital foi publicado no final do mês e as propostas foram enviadas no dia 13 de abril.

O investimento inicial previsto foi de R$ 1.052.374,43, e o prazo de realização é de seis meses.

O edital prevê estudos e levantamentos para a restauração da pista existente e duplicação de um trecho de 12,81 quilômetros, que tem início na divisa com Santa Catarina e segue até a cidade de Guaratuba, no trevo de acesso ao balneário Coroados.

Neste local será estudada, ainda, a possibilidade de executar uma interseção em desnível.

A PR-412 é uma rodovia estadual que liga, na totalidade, as cidades de Pontal do Paraná e Garuva.