Líder de facção criminosa é preso em restaurante de luxo, em Curitiba

William Bittar - CBN Curitiba


Um homem considerado um dos líderes de uma facção criminosa no Paraná, condenado a 76 anos de prisão por tráfico de drogas, participação em homicídios e porte ilegal de arma, foi recapturado nesta segunda-feira (12) pela Polícia Militar, em Curitiba.

Conforme a Polícia, o condenado foi encontrado em um restaurante de luxo de Curitiba e estava na companhia de uma mulher. Com ele, os policiais ainda apreenderam uma pistola nove milímetros; 37 cápsulas de munição; um carregador de munição; um colete balístico; um documento falso e uma peruca para disfarce.

Segundo a polícia, no ano passado, o homem estava preso na Penitenciária Estadual de Piraquara I (PEP I), na Região Metropolitana de Curitiba, mas uma decisão da Justiça concedeu prisão domiciliar ao homem, por entender que ele integrava o grupo de risco de infecção pelo novo coronavírus, por ser hipertenso.

Ainda segundo a Polícia Militar, o detento colocou a tornozeleira eletrônica às 10h23 da manhã do dia 17 de abril de 2020, mas às 15h23 do mesmo dia, o sistema de monitoramento constatou que ele havia rompido o equipamento. Desde então, ele era considerado foragido.

A polícia informou que ele agia na região de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba e, segundo investigações, diversos homicídios estavam acontecendo pela ação dele no município.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="757191" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]