Litoral não registra casos de homicídio durante as festas de fim de ano

Redação e AEN

verão maior litoral não registro homicídios sai primeiro balanço

Foi divulgado pela Polícia Militar do Paraná, na noite deste domingo (29), o primeiro balanço do Verão Maior que aponta que não houve homicídio no litoral do dia 20 de dezembro até 9h50 deste domingo (29).

Os índices de furto, roubo e perturbação de sossego também continuam com redução. O número de ocorrências gerais, se comparado com o mesmo período do ano anterior, também reduziu em 19%, ou seja, 251 ocorrências a menos.

“Diminuir homicídio é muito importante, pois para nós uma única vida salva já diz o subcomandante do 9º Batalhão da PM, major Luciano Romão. De acordo com ele, o número de ocorrências diminuiu devido à presença policial maior nas ruas. “Com nossas ações e operações, buscamos reduzir índices criminais e aumentar a sensação de segurança. Para nós estes são dois fatores primordiais para que tenhamos um verão de maior tranquilidade aos veranistas e moradores”, afirmou.

Segundo ele, não houve homicídio no período deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, devido à grande atenção que a PM tem dado ao combate do tráfico e do uso de drogas. “Nossa recepção ao turista na entrada das cidades e principais vias de acesso aos balneários, com viaturas posicionadas, também faz grande diferença, pois as pessoas sentem-se seguras ao encontrar a PM”.

REGISTROS

Nos primeiros dias desta temporada, foram registrados 93 furtos, contra 123 no mesmo período da temporada anterior, redução de 24%. Os roubos também apresentaram redução (-50%), caindo de 16 para 8. “Estamos tendo um feedback muito bom, a comunidade nos aborda para falar da sensação de segurança, a população aqui presente está sentindo-se bem tendo a Polícia Militar ao seu alcance, sendo bem atendida em suas demandas”, disse o major.

Uma das situações que mais incomoda o cidadão nesta época, a perturbação do sossego, também registrou queda de 10% no período, caindo de 224 para 202 casos. Ainda de acordo com o major, a redução é, também, reflexo do planejamento feito desde a metade do ano e das operações pré-temporada feitas no Litoral. “Recebemos das instâncias superiores todo aporte para um trabalho adequado na temporada, agora estamos colocando em prática o planejado”.

Uma ferramenta importante aqui no Litoral é o aplicativo 190 PR, lançado na véspera do início da temporada. “Além de trazer acessibilidade às pessoas, facilita a hora de acionar a PM”, disse.

AÇÃO

Nos primeiros dias de temporada no Litoral, a Polícia Militar abordou mais de 5,1 mil pessoas e 2,3 mil veículos. Ao todo, foram apreendidos mais de 23,6 quilos de drogas, três armas de fogo e 42 munições. Foram registrados 144 Termos Circunstanciados no geral. Além disso, 231 pessoas foram presas, 24 adolescentes apreendidos e um veículo recuperado.

Mais de 7,8 mil orientações foram feitas aos veranistas, e entregues aproximadamente 6,9 mil pulseiras de identificação às crianças. “Estamos vendo o fruto do nosso trabalho e contentes por poder cuidar da nossa população”, afirmou o major Romão.

Previous ArticleNext Article