AO VIVO: Lula sai da PF e discursa para os apoiadores

Vinicius Cordeiro e Angelo Sfair

lula ao vivo livre

Milhares de pessoas estão comemorando a saída de Luiz Inácio Lula da Silva da prisão. Livre, o ex-presidente discursa aos apoiadores. Veja, ao vivo!

Ele saiu da Superintendência da Polícia Federal por volta das 17h50 e agora se prepara para falar após 19 meses preso.

VEJA AO VIVO: 

Direto de Curitiba: Lula Livre!

Publicado por Lula em Sexta-feira, 8 de novembro de 2019

LULA LIVRE

A liberdade de Lula foi determinada pela 12ª Vara Federal de Curitiba nesta sexta-feira (08), em Curitiba, a partir da mudança de entendimento do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a constitucionalidade da prisão após condenação em segunda instância.

Um corredor de segurança foi instalado no trajeto de aproxamadamente 100 metros que separa o portão da Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba da Vigília Lula Livre.

O corredor acaba em um palco, onde Lula deve fazer o primeiro discurso à militância após ter a liberdade restabelecida. Apoiadores do ex-presidente disputam os espaços mais nobres do trajeto, na expectativa de cumprimentar Lula pessoalmente.

O clima na Vigília Lula Livre é festivo. Bandeiras e máscaras com o rosto do ex-presidente estão espalhados entre os milhares de apoiadores. No palco, músicas de resistência são tocadas para animar os apoiadores que aguardam a saída iminente do político.

A Vigília Lula Livre e a Polícia Militar do Paraná não divulgaram contagens ou estimativas oficiais de público.

PRESO HÁ 580 DIAS

lula regime semiaberto
(Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

O ex-presidente foi preso no dia 7 de abril de 2018 e cumpriu pena na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba. Ele foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex do Guarujá (SP).

A primeira condenação foi feita pelo ex-juiz federal Sergio Moro, hoje ministro da Justiça, e a pena fixada foi de 9 anos e 6 meses de prisão. Depois, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) aumentou a punição para 12 anos e 10 meses. Por fim, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) fixou a pena em 8 anos e 10 meses.

No caso triplex, o ex-presidente foi acusado pela Operação Lava Jato de receber propina da OAS por meio da construção e reforma de um apartamento no Edifício Solaris, no Guarujá. Ao todo, a suposta vantagem chegava a R$ 2,2 milhões e teria saído de uma das contas de propina destinada ao PT. Em contrapartida, Lula teria agido para favorecer a OAS em contratos com a Petrobras.

Além disso, o petista responde outras sete ações. Ele já foi condenado, em primeira instância, no caso do sítio de Atibaia, que tratava sobre propinas pagas por meio de reformas de melhoria.

Previous ArticleNext Article