Mais de 100 veículos são fiscalizados em operação contra jacuboys

Mais de 100 veículos foram fiscalizados nos últimos três finais de semana, em uma operação realizada pela Secretaria Mun..

William Bittar - CBN Curitiba - 22 de maio de 2018, 12:11

Foto: Divulgação SMCS
Foto: Divulgação SMCS

Mais de 100 veículos foram fiscalizados nos últimos três finais de semana, em uma operação realizada pela Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito, no Parque Barigui, em Curitiba. A ação visou também os chamados “jacuboys”, que são aquelas pessoas que escutam som alto e ficam acelerando os carros, ocasionando transtornos no trânsito e incômodos aos moradores e frequentadores do parque.

As ações aconteceram nas noites de sexta-feira e nas madrugadas dos sábados. De acordo com conta o chefe do Núcleo da Defesa Social na Regional Santa Felicidade e coordenador da ação, inspetor João Batista dos Santos, o horário escolhido foi justamente pelo número de reclamações feitas.

"Baseado em nossas informações e reclamações, principalmente porque houve uma movimentação através das redes sociais para realização de um encontro ali no parque, uma possível rave, nós fizemos o contato com o chefe da Guarda sobre a necessidade de fazer uma operação ali. Então no local que seria esse evento, nós nos posicionamos antes, a partir das 21h", explicou.

De todas as abordagens, 20 veículos foram autuados, entre carros e motos, e 11 foram removidos para o pátio da empresa de guincho contratada pela Prefeitura. Batista reforça que as operações vão continuar e podem acontecer também em outros parques da cidade.

"Continuamos nos próximos fins de semana e a tendência é que a gente faça operação no período diurno no Parque Barigui e Tingui, onde o número de reclamações é grande", disse.

A infração mais registrada foi a de dirigir sem carteira de habilitação. Infrações gravíssimas levam à perda de sete pontos na carteira de habilitação, além do pagamento de multa de R$ 880,41.

O inspetor reforça que as denúncias podem ser feitas pela Central 156 da Prefeitura de Curitiba ou pelo 153 da Guarda Municipal.