Manifestação na Argentina pede reabertura da ponte na Tríplice Fronteira

Cerca de 200 manifestantes realizam um protesto nesta quarta-feira (15), em Puerto Iguazu, na Argentina, pedindo a reabe..

Redação - 15 de setembro de 2021, 16:15

Reprodução/El Territorio/Norma Devechi
Reprodução/El Territorio/Norma Devechi

Cerca de 200 manifestantes realizam um protesto nesta quarta-feira (15), em Puerto Iguazu, na Argentina, pedindo a reabertura da Ponte da Fraternidade (Ponte Tancredo Neves), que liga o município a Foz do Iguaçu, no Brasil.

O grupo decidiu bloquear uma rodovia federal argentina, a Rota Nacional 12, por tempo indeterminado. Forças nacionais de segurança e a polícia da província de Misiones acompanham a manifestação.

Segundo relatos da imprensa local, aos 200 manifestantes somam-se 100 veículos. Uma assembleia geral realizada durante o protesto decidiu manter o bloqueio até que o Governo da Argentina avalie a demanda.

De acordo com o grupo, a abertura da Ponte da Fraternidade é necessária para a movimentação de turistas e a retomada do comércio.

"O iguazuense deve lutar pelo direito de trabalhar livremente", disse o prefeito Cláudio Filippa, que foi um dos incentivadores da manifestação pela reabertura da Ponte da Fraternidade, segundo reportagem do El Territorio.

A via está fechada pelo governo argentino devido à pandemia do coronavírus. Não há previsão para liberação do trecho.