Manifestantes pró e contra Lula se reúnem em frente à PF em Curitiba

Redação

Praticamente 100 pessoas chegaram a ficar em frente ao prédio da Polícia Federal, em Curitiba. Os manifestantes se reuniram devido a possibilidade de soltura do ex-presidente Lula, após a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal.

Por volta das 17h, eram aproximadamente 50 manifestam a favor da soltura do ex-presidente e, 20 se apresentam contrários à decisão. Houve uma pequena discussão entre os movimentos, mas sem nenhum registro de confusão maior. Nesse período, apenas dois policiais militares estavam no local.

Já perto das 19h, o movimento cresceu. Uma viatura da Polícia Militar chegou ao local e foi feito um cordão de isolamento entre as pessoas pró e contra Lula. Os cantos “Lula ladrão, seu lugar é na prisão” e “Lula guerreiro, do povo brasileiro” foram entoados várias vezes entre os presentes.

O Movimento Brasil Livre (MBL) também marcou presença no local. Porém, segundo o Doutor Rosinha. presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) no Paraná, existe um acordo judicial onde os integrantes do MBL devem ficar a 100 metros do prédio onde o ex-presidente está preso. O petista foi um dos principais responsáveis pela mediação de conversas entre os dois grupos para todos encerrarem as manifestações e se dispersar.


Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook