Maria da Penha visita a Casa da Mulher Brasileira de Curitiba

Lucian Pichetti - CBN Curitiba

Lei Maria da Penha pode virar matéria nas escolas municipais de Curitiba

Maria da Penha foi reconhecida como “mulher coragem” pelo governo dos EUA e batizou a lei brasileira de combate à violência contra mulheres. Hoje, ela vem a Curitiba e visita a Casa da Mulher Brasileira. O espaço é uma das primeiras unidades do Brasil de assistência especializada no atendimento a mulheres em situação de risco.

As demandas das vítimas podem ser desde uma orientação até a adoção de medidas judiciais. “Nós somos as vozes jurídicas delas, dentro do processo, para explicar o que está acontecendo e as medidas que podem ser tomadas. Além de atuar nas situações conexas que vão desencadear na área da família, onde há um atendimento grande, porque essa mulher vai ter que se divorciar, reconhecer a guarda dos filhos, a questão da pensão alimentícia…”, pontua a coordenadora da Defensoria Pública na Casa da Mulher Brasileira, Flora Vaz Cardoso Pinheiro.

Maria da Penha esteve em 2015 na unidade, quando ela ainda estava em obras. A inauguração foi em 2016. No ano passado, a Casa da Mulher Brasileira fez quase 15 mil atendimentos. A ativista participa também hoje do lançamento do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher, da Defensoria Pública.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="511816" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]