Maringá cai quatro posições no ranking do PIB das cidades

Narley Resende


Rosângela Gris, Metro Jornal Maringá

Maringá perdeu quatro posições no ranking nacional dos maiores PIBs (Produto Interno Bruto) entre 2013 e 2014, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em 2013 a cidade era a 55ª mais rica do país. Na lista de 2014 aparece na 59ª posição.

No Paraná, Maringá manteve o quarto lugar, atrás de Curitiba, São José dos Pinhais e Londrina.

Dados do IBGE apontam recuo de 3,19% do PIB maringaense em 2014 em relação ao ano anterior. Em valores correntes, o PIB chegou a R$ 14,2 bilhões ante os R$ 13,7 bilhões de 2013.

“O montante aumentou, porém para chegarmos ao valor real é preciso considerar a inflação no período, no caso de 6,40%”, explica o economista João Ricardo Tonin, do Codem (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá), sobre o cálculo que aponta a queda de 3,19% no PIB.

Ainda segundo o economista, apesar do recuo e da perda de posições no ranking nacional, Maringá teve um desempenho melhor do que as três cidades com maiores PIBs no estado.

“Curitiba e São José dos Pinhais tiveram quedas de cerca de 7%. Já Londrina sofreu mais, com retração de mais de 14%”, diz. “Então no contexto geral o resultado de Maringá pode ser considerado positivo.”

Em relação ao PIB per capita, o município atingiu a maior marca da série histórica, R$ 36.332. No entanto, em ganhos reais, o valor significa queda de quase 5%.

Entre os fatores que impactaram negativamente o PIB o economista destaca a produção industrial. “Em 2014 a indústria já enfrentava os efeitos da crise”, ressalta Tonin, acrescentando que os impactos não foram maiores na economia maringaense por causa do bom desempenho do setor de serviços.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="403553" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]