Maringá confirma quarta morte por H1N1

Andreza Rossini


A prefeitura de Maringá, no noroeste do Paraná, confirmou mais uma morte causada pela influenza H1N1 no município, nesta sexta-feira (3). Neste ano, é o quarto caso registrado na cidade, de acordo com a Secretaria de Saúde.

A vítima morava na Zona 7 e tinha 62 anos, quando morreu no dia 2 de maio. Ele sofria de hipertensão e fazia parte do grupo considerado de risco à doença, ainda segundo a administração municipal. Dos 458 casos notificados, 88 de H1N1 foram confirmados pela prefeitura.

As outras três mortes foram provocadas em mulheres, todas com situações delicadas de saúde, de acordo com a Secretaria de Saúde.

No Paraná

Até a última segunda-feira (30) foram registradas 54 mortes no estado causadas pela doença. São 766 casos de Influenza no Estado, sendo 720 de H1N1. Os dados são referentes a quadros de gripe que demandaram a internação dos pacientes, as Síndromes Respiratórias Agudas Graves (483 casos), somados à amostragem de casos de Síndromes Gripais (283 casos) confirmadas nas 23 Unidades Sentinelas da gripe espalhadas pelo Paraná.

Veja os locais onde ocorreram mortes no Paraná:

Antonina (1), Guaratuba (1), Paranaguá (2), Curitiba (6), Quitandinha (1), São José dos Pinhais (1), Tijucas do Sul (1), Ponta Grossa (1), São João do Triunfo (1), Fernandes Pinheiro (1), Rebouças (1), Rio Azul (1), Pitanga (1), Chopinzinho (1), Dois Vizinhos (1), Francisco Beltrão (1), Marmeleiro (3), Foz do Iguaçu (7), Cascavel (1), Espigão Alto do Iguaçu (1), Nova Aurora (1), Campo Mourão (2), Perobal (1), Umuarama (1), Floresta (1), Maringá (3), Apucarana (3), Londrina (4), Andirá (1), Cornélio Procópio (1), Toledo (1) e Nova Tebas (1).

Previous ArticleNext Article