Novo decreto de Maringá reabre shoppings, Igrejas e academias, mas prevê lockdown

Vinicius Cordeiro

O 15º decreto publicado pela prefeitura de Maringá durante o combate ao coronavírus inclui um "gatilho automático para lockdown".
igrejas, templos, coronavírus

Em decreto publicado hoje (8), a Prefeitura de Maringá, no norte do Paraná, autorizou a reabertura de shoppings, Igrejas e academias. No entanto, a administração municipal incluiu um “gatilho automático para lockdown“.

O protocolo máximo de segurança, que paralisa todas as atividades, poderá ser acionado pela Secretaria Municipal de Saúde. Segundo o decreto, a medida será tomada de acordo com a taxa de ocupação das UTI’s (Unidades de Terapia Intensiva) e o índice de testes positivos para Covid-19.

Ou seja, se o coronavírus avançar na cidade com a reabertura de pontos propícios para aglomeração, a prefeitura de Maringá vai ativar o lockdown.

De acordo com o último boletim da Covid-19, a cidade registra seis mortes, 110 casos confirmados e outros 368 com suspeita de coronavírus. Por enquanto, a taxa de ocupação das UTIs adultos é de 56,87% enquanto as UTIs neo/pediatria tem o índice em 62,64%.

MARINGÁ REABRE SHOPPINGS COM RESTRIÇÕES

Conforme o decreto estabelece, os shoppings centers de Maringá podem voltar a funcionar hoje, mas está proibida a entrada de menores de 16 anos. Entretanto, eles deverão medir a temperatura corporal de todas as pessoas, incluindo funcionários, prestadores de serviços e proprietários de lojas. Já os cinemas estão proibidos de abrir.

O horário de funcionamento é das 7h às 15h, de segunda à sexta-feira. Neste sábado (9), devido ao Dia das Mães, os estabelecimentos podem abrir das 11h às 20h.

Já os shoppings atacadistas poderão funcionar das 7h às 15h, de segunda a sexta-feira.

Entre outros requisitos exigidos pela prefeitura de Maringá estão a limitação de 50% da capacidade máxima e a obrigatoriedade do uso de máscaras. Além disso, os clientes devem ter a sola dos calçados higienizados pelos estabelecimentos.

Os shoppings também foram responsabilizados de retirar bancos, cadeiras e sofás das áreas comuns. Seguranças dos shoppings serão acionados para evitar aglomeração.

DECRETO TAMBÉM PREVÊ IGREJAS SEM IDOSOS E ACADEMIAS

O 15º decreto publicado durante o combate ao novo coronavírus também permite a reabertura de Igrejas. Elas podem podem realizar até três missas, cultos ou reuniões religiosas aos domingos, e uma durante o meio de semana.

Contudo, pessoas do grupo de risco – o que inclui idosos e pessoas com comorbidades – não estão autorizados a entrar nos cultos.

Foi estipulada a lotação máxima de 30% da capacidade o local e a entrada das pessoas será controlada. Elas deverão usar máscara no interior das Igrejas e ficar com 1,5 metro de distância em relação ao outro. A orientação da prefeitura de Maringá é evitar contato físico – aperto de mãos e abraços – antes, durante e depois da realização das celebrações.

Por fim, a retomada das academias se dará a partir do dia 18 de maio. Além disso, foi especificado no decreto – leia a íntegra aqui – que atendimento individualizado de personal trainer poderá ser feito em ambientes fechados quanto ao ar livre.

Previous ArticleNext Article