Mata Atlântica em Pé: operação tem objetivo de coibir desmatamento de florestas

Redação


A operação ‘Mata Atlântica em Pé’ foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (21) para coibir o desmatamento e proteger regiões de florestas que integram o bioma. Além do Paraná, outras 16 unidades da federação participam da 4ª edição da ação.

Caso sejam constatado o desmatamento ilegal da Mata Atlântica nos municípios do Paraná, o MPPR (Ministério Público do Paraná) pode ajuizar ações civis contra os proprietários das áreas. Em 2019, foram vistoriadas 559 áreas, constatando-se mais de 5,4 mil hectares desmatados sem autorização dos órgãos públicos, o que resultou na aplicação de R$ 25 milhões em multas.

OPERAÇAÕ MATA ATLÂNTICA EM PÉ: 4ª EDIÇÃO 

Desde a primeira edição, a operação utiliza o Atlas da Mata Atlântica, sistema que monitora a situação do desmatamento em todos os municípios do bioma com uso de imagens de satélite. Neste ano, será utilizada também a Plataforma MapBiomas Alerta.

Essa nova ferramenta possibilita a obtenção de imagens de satélite em alta resolução para a constatação de desmatamentos recentes. A partir disso, são definidos diversos polígonos de desmatamento que serão fiscalizados durante a operação.

Outra novidade da operação neste ano é a possibilidade de fiscalização remota, sem a necessidade de vistoria em campo, dada a precisão dos dados obtidos pelos sistemas de monitoramento via satélite.

Participam da operação os MPs de todos os estados brasileiros que abrigam o bioma da Mata Atlântica: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

A operação conta com a participação e o apoio de diversas instituições. No Paraná, inclui a Polícia Ambiental, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis e o Instituto Água e Terra.

O final da operação está previsto para o dia 1º de outubro, com apresentação dos resultados no dia seguinte.

BIOMA

O bioma ocupa uma área de 1.110.182 Km², equivalente a 13,04% do território nacional, e abriga diversas formações florestais (floresta ombrófila densa, floresta ombrófila aberta, floresta estacional semidecidual, floresta estacional decidual e floresta ombrófila mista, também denominada de Mata de Araucárias), além de ecossistemas associados (restingas, manguezais, campos de altitude, brejos interioranos e encraves florestais).

A Mata Atlântica é um dos sistemas mais explorados e devastados pela ocupação humana: cerca de 70% da população brasileira vive em território antes coberto por ela, daí a importância da preservação do que ainda resta do bioma, fundamental para questões como a qualidade do abastecimento de água nas cidades.

Estima-se que perto de 12% da vegetação original esteja preservada, 80% disso mantidos em propriedades particulares. É um dos biomas que apresenta a maior diversidade de espécies de fauna e flora. tanto que alguns trechos da floresta são declarados Patrimônio Natural Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Previous ArticleNext Article