Médico é preso após bater ponto em hospital público e seguir para consultório particular

Fernando Garcel


Um médico foi preso em flagrante em Astorga, no Norte do Paraná, fazendo atendimento particular em horário que deveria dar expediente na rede municipal. A prisão foi efetuada por um agente do Ministério Público do Paraná nesta segunda-feira (24).

Segundo o MPPR, a promotoria recebeu notícia que era hábito do médico bater ponto na unidade de saúde e depois seguir para outro local para realizar as consultas particulares.

A promotoria apura a prática dos crimes de estelionato, falsidade ideológica e prevaricação por parte do servidor.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="634303" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]