Meditação coletiva alerta sobre os cuidados com as doenças emocionais

Redação

meditação coletiva mãos sem fronteiras janeiro branco

Na próxima segunda-feira (13), a organização internacional Mãos Sem Fronteiras fará, no centro da cidade de Curitiba, uma meditação coletiva com objetivo de conscientizar e divulgar os benefícios da meditação para a saúde mental.

A ação pretende provocar a reflexão sobre a prevenção e tratamento de transtornos cada vez mais comuns, como a depressão, ansiedade, bipolaridade, Síndrome do Pânico, entre outros.

O movimento conhecido como Janeiro Branco vem acontecendo em todo o país, durante todo o mês de janeiro, com práticas abertas ao público. Criada em 2014 por psicólogos de Minas Gerais, a campanha do Janeiro Branco tem o propósito de colocar a questão da saúde mental em evidência.

A escolha do primeiro mês do ano é estratégica. De acordo com a organização da campanha, o início do ano é, tradicionalmente, um período de reflexão e cobrança sobre metas não alcançadas. Além disso, passadas as festas, boa parte das pessoas sofre com a ansiedade pelos desafios a serem cumpridos no novo ano.

A meditação é uma ferramenta bem eficiente para a saúde mental e equilíbrio emocional. Começando com um exercício respiratório bem simples, que melhora a oxigenação do cérebro, a prática pode ser curta. Apenas cinco minutos são suficientes. Os resultados são imediatos. E, se feita com regularidade, a meditação é realmente transformadora“, diz  Lilian Miranda, que é empresária e voluntária da organização há mais de 15 anos. Ela conheceu a meditação durante o tratamento de um quadro de depressão, superado com a ajuda da prática.

As atividades do Janeiro Branco seguem até o fim do mês e incluem a abordagem de temas relacionados à meditação para a promoção da saúde mental também nas redes sociais.

O Mãos Sem Fronteiras tem aplicativo gratuito que ensina a meditação em três passos. O app contabiliza minutos meditados em todo o mundo e já alcançou a marca de 17 milhões no “meditômetro”.

A Campanha 5 Minutos, Eu Medito tem como slogan “Quando Você Tem Paz, O Mundo Tem Paz” e leva a meditação para escolas, empresas e instituições públicas e privadas.

Em Curitiba, a embaixadora do Mãos Sem Fronteiras Pela Paz no Mundo, Lilian Miranda, fará a condução da meditação que tem início às 17h, na rua Rua Voluntários da Pátria, 368, na Praça Osório.

Para a embaixadora a meditação começa no indivíduo e atinge a coletividade.  “A meditação tem efeitos melhora a qualidade dos pensamentos e, por consequência, as atitudes de quem pratica. Isso gera uma onda expansiva de equilíbrio, que tem efeito não apenas no indivíduo, mas na coletividade. É uma ferramenta de promoção da saúde mental e também o caminho para a paz“, explica.

SOBRE O MÃOS SEM FRONTEIRA

O Mãos Sem Fronteiras é uma organização sem fins lucrativos, sem vínculos políticos e religiosos, que tem representação em 25 países. Com o método LJ, que inclui a meditação e técnica que usa o potencial terapêutico das mãos, o MSFint cuida do bem-estar integral das pessoas. Mas a missão vai além dos benefícios da prática integrativa desenvolvida pela fundadora La Jardinera para os indivíduos. O Mãos Sem Fronteiras tem um projeto internacional pela paz e proteção do planeta, que mobiliza voluntários nos cinco continentes. Além da técnica, que é bastante simples e já foi aprendida por milhares de pessoas, o Mãos Sem Fronteiras ensina a meditação a diferentes públicos.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="678381" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]