Meia-entrada é estendida aos funcionários da educação no Paraná

CBN Curitiba e AEN


Foi sancionada pelo governo do Estado a lei que estende aos funcionários da educação o direito à meia-entrada, benefício até então garantido somente aos professores. A informação foi divulgada nesta terça-feira (4).

Com a lei, os profissionais das redes pública e particular de ensino, que estejam exercendo suas funções, passam a ter o direito ao pagamento de 50% do valor cobrado para o ingresso em estabelecimentos ou casas de diversões, praças esportivas e similares, que promovam espetáculos de lazer, entretenimento e difusão cultural.

Somente na rede pública a lei alcança 28 mil funcionários, segundo o governo do Estado. O direito à meia-entrada já era garantido aos professores das redes pública e particular de ensino, estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos beneficiários de programas sociais, doadores de sangue registrados em hemocentro e bancos de sangue de hospitais do Estado do Paraná.

Na rede estadual de ensino passam a ter direito ao benefício os servidores que atuam como agente educacional I (merendeira, inspetor de aluno, vigia, auxiliar de serviços gerais), agente educacional II (secretário de escola, técnico administrativo), agente de apoioagente de execução e agente profissional (servidores do Quadro Próprio do Poder Executivo) que atuam na Secretaria de Estado da Educação e Núcleos Regionais de Educação.

Também terão direito a meia-entrada os profissionais da educação portadores de diploma de pedagogia, com habilitação em administração, planejamento, supervisão, inspeção e orientação educacional, títulos de mestrado e doutorado nas mesmas áreas, trabalhadores com diploma de curso técnico ou superior na área pedagógica.

Previous ArticleNext Article