Melhorias no aeroporto de Maringá custarão R$ 120 milhões

Por Rosangela Gris, Metro MaringáO Aeroporto Regional Silvio Name Júnior, em Maringá, deve receber, ainda neste ano, inv..

Mariana Ohde - 15 de fevereiro de 2017, 10:01

Por Rosangela Gris, Metro Maringá

O Aeroporto Regional Silvio Name Júnior, em Maringá, deve receber, ainda neste ano, investimentos de R$ 120 milhões. Os recursos da Secretaria de Aviação Civil, vinculada ao Ministério dos Transportes, foram assegurados ontem (14) pelo prefeito Ulisses Maia (PDT), em viagem para Brasília.

“No início de março será assinado o repasse do recurso para a prefeitura licitar a obra”, adiantou Maia. Entre as obras previstas está a ampliação da pista em 280 metros, passando dos atuais 2.100 metros para 2.380 metros, e também da espessura do pavimento.

“Com essas melhorias o terminal estará apto a receber aeronaves maiores como, por exemplo, Boeing 767, e maior número de voos, incluindo aviões de carga e de passageiros”, diz o superintendente do aeroporto, Fernando Rezende, que acompanhou o prefeito na viagem à Brasília.

O dinheiro também será usado para a readequação das instalações do Corpo de Bombeiros, ampliação do pátio de estacionamento e aquisição de novos equipamentos dos sistemas de meteorologia e aproximação, incluindo o Instrument Landing System (ILS). O ILS é um sistema de aproximação por instrumentos, permitindo pousos mesmo sem boas condições de visibilidade. Há três categorias desses radares de superfície, que determinam a altura e a visibilidade do sistema.

O projeto prevê ainda a revitalização da taxiway, a faixa de pista em que a aeronave pode taxiar até o terminal. Maia aproveitou a viagem para sugerir à Anac (Agência Nacional de Avia- ção Civil) um novo regime tarifário para as companhias que operam na cidade. “É preciso rever os preços abusivos cobrados para embarques em Maringá”, defendeu.