Meningite pode ter causado morte de bebê em Maringá

Redação

Uma criança, de 1 ano e 2 meses, morreu na última semana com sintomas suspeitos de meningite em Maringá, no Norte do Paraná. O resultado do exame deve ser divulgado em até 15 dias.

Segundo o chefe da Vigilância Sanitária de Maringá, Eduardo Alcântara, a gerência de Vigilância Epidemiológica da Secretária de Saúde foi informada sobre o caso na última quinta-feira e no dia seguinte 23 pessoas próximas da criança receberam o tratamento profilático.

“São dois dias de tratamento com doses aplicadas a cada 12 horas. Esse é o primeiro caso notificado neste ano, mas temos que tomar medidas preventivas. Foram coletados materiais para realização de exames, mas ainda aguardamos o resultado para confirmação”, explica Alcântara.

Caso a morte da criança tenha sido pela meningite, a prefeitura vai criar programas de orientação em estabelecimentos de educação e outros meios.


Causa e sintomas

A meningite é um processo inflamatório das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Entre os agentes infecciosos, as meningites bacterianas e virais são as mais importantes do ponto de vista da saúde pública e clinico, devido a sua magnitude, capacidade de causar surtos e, no caso da meningite bacteriana, a gravidade.

Os sintomas da meningite bacteriana e viral incluem início súbito de febre, dor de cabeça e rigidez do pescoço, além de náuseas, vômitos, aumento da sensibilidade à luz.

Segundo o Ministério da Saúde, em recém-nascidos e bebês, os sintomas podem não ser percebidos. O bebê pode ficar irritado, vomitar, alimentar-se mal ou parecer letárgico ou irresponsivo a estímulos. Também podem apresentar a fontanela (moleira) protuberante ou reflexos anormais.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook