Menino morre atropelado por ônibus enquanto andava de bicicleta em Curitiba

Jorge de Sousa

Menino morre atropelado por ônibus enquanto andava de bicicleta em Curitiba

Um menino de oito anos morreu atropelado por um ônibus enquanto andava de bicicleta em Curitiba, na noite desta quarta-feira (21). Segundo a Dedetran (Delegacia de Delitos de Trânsito da Polícia Civil), a criança teria se desequilibrado na tentativa de pegar a ‘rabeira’ do veículo.

Pegar a ‘rabeira’ é quando o piloto da bicicleta se prende ao para-choque de um veículo, tendo assim embalo pela velocidade do automóvel.

O acidente ocorreu no bairro Pilarzinho, sendo que o ônibus envolvido no acidente estava indo para o local rebocar outro veículo que havia quebrado.

“Tinham dois garotos que tentavam segurar no para-choque do ônibus que o motorista iria consertar. Mas eles se soltaram, foram ultrapassados, sendo que um deles começou começou a pedalar mais forte para pegar no para-choque do veículo de conserto. Então o motorista sentiu um impacto, parou e percebeu que a criança foi atropelada pelas rodas traseiras do veículo”, explicou o delegado da Dedetran, Leonardo Carneiro.

O delegado apontou que recebeu imagem de apenas uma câmera de trânsito até o momento e que o vídeo sugere que o depoimento do motorista do ônibus seja verdadeiro.

“Agora estamos no aguardo de uma outra imagem, que pode ser que pegue o local do acidente. Por enquanto, ouvimos apenas o motorista do ônibus, porque os familiares estavam bem abalados pela situação”, prosseguiu Carneiro.

A outra criança que pedalava com o menino não se feriu. O delegado apontou que desde que entrou na Dedetran há dois anos esse é o primeiro acidente fatal envolvendo a prática de ‘rabeira’ nos ônibus do transporte coletivo em Curitiba.

A empresa Transporte Coletivo Glória – responsável pelo ônibus envolvido no acidente, afirmou em nota que “lamenta profundamente o acidente e informa que, desde o ocorrido, está colaborando com os órgãos responsáveis para que seja esclarecido como o acidente de fato aconteceu”.

LEIA MAIS: Sequestradores de médica eram moradores de Laranjeiras do Sul, diz polícia

Previous ArticleNext Article