Menino foge de casa, burla segurança de aeroporto e voa até Congonhas

Redação

crianças

Um menino, de 12 anos, morador de Curitiba, foi encontrado no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na última segunda-feira (15). Ele burlou a segurança do aeroporto e da companhia aérea LATAM e embarcou desacompanhado, sem documentação ou bilhete da passagem. Ele foi abordado apenas quando o voo já tinha chegado ao destino.

>>> Feriado de Páscoa: confira o movimento nas estradas em tempo real

Ele teria fugido de casa depois ter tirado notas baixas na escola. Para evitar mais advertências em casa, o garoto falsificou a assinatura dos pais no boletim. A professora descobriu e ele foi suspenso. Ele então foi até o aeroporto, se infiltrou em uma família sem que ninguém percebesse e viajou tranquilamente na aeronave que tinha assentos disponíveis. Quando desembarcou, ele não sabia para onde iria e foi abordado. Em nota, a companhia aérea disse que quando se deu conta do fato, já no aeroporto paulista, entrou em contato com os familiares do garoto e com as autoridades, providenciando o seu retorno imediato.

Em nota a LATAM Airlines Brasil informa que está apurando o ocorrido. “A companhia ressalta que esteve em contato tanto com as autoridades quanto com os responsáveis do adolescente e prestou assistência para o seu retorno imediato de Congonhas a Curitiba no mesmo dia.”

>>> Veja o que abre e o que fecha em Curitiba durante a Páscoa

A Infraero também se manifestou. O texto diz que a empresa “colaborará com as autoridades policiais para esclarecer o fato em questão, ao mesmo tempo em que reforçará seus processos de segurança na sua Rede de aeroportos”.

Já a Polícia Federal (PF) garante que não teve culpa. Em nota a instituição esclarece que “é responsável pela área de imigração, embarque e desembarque internacional e ameaça à segurança das aeronaves” e que “negligência funcional em embarque doméstico” não cabe a PF apurar.

Previous ArticleNext Article