Morre investigador da Polícia Civil baleado no litoral

Francielly Azevedo


O investigador da Polícia Civil, Jorge Fernando Brito, baleado no último fim de semana, em Matinhos, no litoral do Paraná, morreu na tarde desta segunda-feira (3). A informação foi confirmada pela Polícia Civil e posteriormente pela Secretaria da Saúde do Paraná (SESA). A namorada de Brito também foi atingida pelos disparos.

Brito estava com a namorada, na noite do último sábado (1), no balneário Gaivotas, quando foi atingido por três disparos. A mulher foi baleada na perna e teve uma fratura no fêmur. O atentado aconteceu na casa onde os dois estavam.

O casal foi socorrido por equipes de emergência. Brito foi internado no Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, mas não resistiu aos ferimentos.

Dois suspeitos foram presos pela polícia. Um jovem, de 20 anos, admitiu ter atirado contra o policial.  Em interrogatório, ele disse que foi até a casa do policial para conversar, já que o homem teria efetuado disparos na região alguns dias atrás.

A arma do crime ainda não foi localizada. Uma das hipóteses é que a motivação tenha sido passional.

**Com informações da BandNews FM Curitiba**

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.