Morre quarta vítima da queda de avião no Paraná

Francielly Azevedo


Morreu, no início da noite desta segunda-feira (18), a quarta vítima do acidente com o avião de pequeno porte, que caiu na região de Cascavel, no oeste do Paraná. As informações foram confirmadas pelo Hospital Universitário do Oeste do Paraná. Graziela de Souza Philippi, de 53 anos, foi a única resgatada com vida. Além dela, outras três pessoas morreram.

Graziela teve politraumatismo e passou por procedimentos cirúrgicos, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Reprodução / Facebook

Ela e a família voltavam do feriado prolongado no litoral de Santa Catarina, quando o avião em que estavam caiu em uma área de mata, nas proximidades de Espigão Azul, na região de Cascavel.

No acidente, também morreram o piloto Magnus Boeno Padilha, o marido de Graziela, o médico cardiologista Eduardo Frederico Borsarini Philippi e a filha do casal Fernanda, de apenas 12 anos.

O ACIDENTE

O avião de pequeno porte, prefixo PT JQZ, caiu no fim da tarde deste domingo, na cabeceira da pista de um aeroporto particular, próximo ao distrito de Espigão Azul, em Cascavel. A aeronave retornava de Florianópolis, em Santa Catarina.

O médico Eduardo Frederico Borsarini Philippi tinha alugado o avião do amigo, Nilo Laerse de Rezende, um dos proprietários da Saraiva de Rezende Construtora.

Várias ambulâncias foram deslocadas para prestar atendimento no local. Duas vítimas morreram presas às ferragens e outra ficou em meio à mata.

PILOTO EXPERIENTE

O piloto Magnus Boeno Padilha, de 32 anos, conduzia a aeronave. O rapaz tinha mais de 1.600 horas de voo. O corpo dele foi velado na segunda-feira, em Cascavel.

Ele era instrutor de voo em Cascavel. A West Wings Escola de Aviação Ltda emitiu uma nota lamentando a morte do profissional. “Agradecemos imensamente o tempo que pudemos conviver com ele, que será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, lealdade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos”, diz um trecho do comunicado.

APICULTOR RELATA ACIDENTE

Em entrevista a TV Tarobá de Cascavel, um apicultor que mora na região relatou que ouviu o avião simplesmente parar o motor. Quando olhou para o céu, a aeronave começou a cair.

“Eu vi a aeronave sobrevoando e de repente o motor parou e ela caiu direto no chão”, disse.

Na sequência, ele e a esposa correram para o local em meio a mata. Ao chegar até o avião eles viram os corpos e ouviram a mulher pedindo socorro. Eles então a retiraram da aeronave, bastante ferida. Ele disse que ela ainda falava. A preocupação era em retirá-la do local caso ocorresse alguma explosão.

Depois disso, eles chamaram o socorro.

*Com informações da Tarobá Cascavel*

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.