Morre Ricardo Chab, radialista, apresentador e ex-deputado do Paraná

Redação

Ricardo Chab - Radialista - Apresentador - Deputado - Paraná

O radialista, apresentador de TV e ex-deputado estadual do Paraná, Ricardo Chab, morreu em decorrências de um infarto, no final da tarde desta quinta-feira (3).

Chab estava internado no Hospital Marcelino Champagnat desde o dia 29 de setembro. Na época, Chab reclamou de fortes tosses, mas descobriu que havia sofrido um infarto.

HISTÓRICO

Chab nasceu em Santa Izabel do Ivaí, em 3 de fevereiro de 1958. Jornalista de formação, foi eleito deputado estadual em duas oportunidades (1994 e 1998) pelo PMDB e PTB, respectivamente. Em 2002, não conseguiu seu terceiro mandato em sequência ao registrar 22.856 votos no estado.

Na ALEP (Assembleia Legislativa do Paraná), teve como sua maior contribuição a criação do Departamento de Investigação e Orientação às Famílias das Crianças Desaparecidas no Paraná.

Chab também foi presidente da Comissão de Segurança Pública da Alep além de integrar outras comissões da casa, como Turismo, Obras Públicas, Transportes, Comunicações e Saúde Pública.

No jornalismo, Chab ganhou destaque no programa “O Grito da Cidade” na Rede Bandeirantes do Paraná e no “Programa Ricardo Chab” na Rádio Cidade AM.

Posteriormente trabalho nos jornais Tribuna do Paraná e Estado do Paraná, além de apresentar programas no SBT e na RICTV.

CASO CENTRONIC

Em 2008, Ricardo Chab foi preso sob acusação de extorsão contra um empresário dono da Centronic, empresa do setor de segurança privada em Curitiba.

A Centronic ganhou notoriedade em outubro de 2017, quando seguranças dessa empresa torturaram e mataram o estudante Bruno Strobel Coelho.

O estudante estava pichando os muros da Clinicor, em Curitiba, quando foi pego pelos seguranças. O corpo do rapaz foi encontrado dois dias depois em Almirante Tamandaré, na região metropolitana da capital paranaense.

Previous ArticleNext Article