Mortes por gripe chegam a 90 no Paraná

Francielly Azevedo


O Paraná registrou três novos casos de mortes por gripe em uma semana. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (SESA), nesta quarta-feira (15), 90 pessoas já faleceram vítimas da gripe em 2018.

Desde o início do ano, 565 casos da doença foram observados no Paraná. Sendo 202 por Influenza A (H1N1), com 39 mortes; 320 por Influenza A (H3), com 49 mortes; 26 casos de Influenza A sem subtipo, com duas mortes; e 17 da Influenza B.

Conforma o levantamento, as cidades que registraram os novos casos foram Carambeí e Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, e Medianeira, no oeste.

Curitiba é a cidade com o maior número de óbitos: são treze desde o início do ano. Na sequência vem Londrina, no norte do Paraná, com onze mortes; Foz do Iguaçu, no oeste, com sete mortes; Maringá, no norte, também com seis; e Guarapuava, na região central, com cinco.

Das mortes confirmadas, 31 eram mulheres e 59 homens. Sendo mais de 60% em pessoas acima deste ano.

A capital paranaense também é a cidade com o maior número de pessoas com a doença: 143 registros. Seguida por Foz do Iguaçu, com 30, e Londrina, com 34.

RECOMENDAÇÃO

A recomendação da Secretaria de Estado da Saúde é de que o tratamento deve ser iniciado o mais breve possível. O uso do antiviral, ainda nas primeiras 48 horas, pode reduzir a duração dos sintomas e, principalmente, a redução da ocorrência de complicações da infecção pelo vírus Influenza.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.