Com sete óbitos em duas semanas, mortes por gripe chegam a 111 no PR

Redação

gripe influenza mortes casos confirmados curitiba paraná 2019 foto divulgação

Sete pessoas morreram por gripe no Paraná, nos últimos 15 dias, de acordo com o boletim periódico divulgado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde). De janeiro até agora, 111 mortes relacionados às complicações da doença foram registrados.

Nas últimas duas semanas, as autoridades sanitárias confirmaram 53 novos casos de infecções pelo vírus Influenza, totalizando 580 desde o início do ano. O boletim anterior (3 de setembro) contabilizava 527 casos.

As sete mortes mais recentes foram confirmadas nos municípios de Castro, Guarapuava, Cianorte, São José dos Pinhais e Curitiba. Entre as vítimas estavam três crianças, dois idosos e dois adultos.

“A Influenza atinge principalmente as faixas etárias extremas, menores de 6 anos e pessoas com mais de 60 anos estão nas faixas consideradas favoráveis e preocupantes para as complicações da doença. A idade, associada a fatores como doenças cardiovasculares, renais, neurológicas e hepáticas; pneumonia, diabetes, obesidade e asma, podem levar ao óbito”, explicou o chefe da Divisão de Vigilância das Doenças Transmissíveis, Renato Lopes.

De acordo com a Sesa, o subtipo viral da Influenza com maior circulação no Paraná é o A H1N1. Esse vírus causou 95 das 111 mortes registradas no Paraná, e 480 dos 580 casos de gripe.

A regional de Curitiba, que abrange os municípios da região metropolitana, lidera as confirmações, com quase metade dos casos (216).

*Com informações da Secretaria de Estado da Saúde

Previous ArticleNext Article