Sem mortes confirmadas por Covid-19, Curitiba acumula sepultamentos suspeitos

Angelo Sfair

coronavírus, covid-19, curitiba, mortes, mortes suspeitas, mortes por coronavírus em curitiba, urna fechada, velório, orientações, casos suspeitos, funerárias

Apesar de não ter nenhuma morte confirmada pelo novo coronavírus (Covid-19), várias mortes suspeitas foram registradas em Curitiba nas últimas quatro semanas. Uma levantamento realizado pelo Paraná Portal junto às funerárias aponta para pelo menos 15 sepultamentos suspeitos desde o início do mês.

A Prefeitura de Curitiba informou que 14 mortes são investigadas por possível relação com o novo coronavírus (Covid-19). São casos de óbitos por quadros respiratórios, dos quais 10 foram descartados após exames laboratoriais.

Quatro casos, portanto, ainda aguardam o resultado laboratorial, que poderá indicar se as mortes estão, ou não, relacionadas ao novo coronavírus (Covid-19).

PARANÁ TEM 3 MORTES POR CORONAVÍRUS

Nesta segunda-feira (30), a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) confirmou a terceira morte causada pelo vírus no Paraná. O caso mais recente foi confirmado em Cascavel, na região oeste.

Outras duas mortes foram confirmadas na sexta-feira (27). Os primeiros registros fatais do novo coronavírus (Covid-19) no Paraná são de Maringá, na região norte.

De acordo com a Sesa, foram confirmados 160 casos da doença no Paraná. Destes, 155 são de pessoas que residem no estado.

Curitiba concentra praticamente metade dos diagnósticos positivos. São 77 confirmações, conforme a secretaria estadual de saúde, o que representa 49,6% dos casos.

FUNERÁRIAS RELATAM TEMOR POR COVID-19

A reportagem do Paraná Portal entrou em contato com as 32 funerárias que atenderam os 69 óbitos registrados em Curitiba nas últimas 48 horas.

Pelo menos oito funerárias relataram à reportagem, sob condição de anonimato, que realizaram sepultamentos com urnas fechadas ou receberam orientações específicas dos hospitais onde aconteceram as mortes com possível relação com a Covid-19.

Quase todos os casos suspeitos relatados foram registrados como quadros respiratórios, tais como pneumonia ou síndromes respiratórias aguadas. As consequências também estão relacionadas ao novo coronavírus, embora não sejam causadas exclusivamente por ele.

Outro caso, no entanto, chamou a atenção de uma funerária ouvida pela reportagem. Sob orientação de sepultamento com a urna lacrada, os funcionários foram alertados pelo hospital de que se tratava de uma suspeita do novo coronavírus (Covid-19).

Além disso, conforme a funerária, havia uma placa no necrotério que alertava sobre a suspeita. O mesmo aviso foi dado pela família, de acordo com funerária. Na declaração de óbito, a causa da morte foi apontada como choque séptico.

“Há mais casos suspeitos como esses”, relatou o proprietário de uma funerária, sob condição de anonimato.

Em nota, a Prefeitura de Curitiba informou que 14 óbitos são investigados por quadro respiratório. 10 foram descartados e quatro aguardam resultado laboratorial para Covid-19.

Previous ArticleNext Article