Motorista que atropelou policial rodoviário federal vai responder por tentativa de homicídio

Redação


O motorista que atropelou o Policial Rodoviário Federal responderá por tentativa de homicídio qualificado. Ele atropelou o agente ao desobedecer a ordem de abordagem na tarde de domingo (22), na BR 467, em Cascavel.

De acordo com as informações, o suspeito pode ter atropelado o agente para encobrir outro crime. Por conta disso, ele responderá por tentativa de homicídio. Além disso, ele não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e também deve responder por isso.

O veículo que atropelou o PRF, um Gol, foi encontrado abandonado no bairro Brasília e foi levado à PF onde foi periciado. A informação é de que o veículo não estava em nome do motorista, mas era utilizado por ele. O proprietário o qual consta o nome do carro será ouvido pela PF.

O pedido de prisão já foi decretado e o condutor ao ser encontrado pela Polícia será autuado em flagrante.

Outras testemunhas do crime também serão ouvidas pela PF para conclusão do inquérito.

O policial rodoviário federal teve várias fraturas e continua internado. Para a PRF, o modo como o condutor agiu não deixa dúvidas da tentativa de homicídio.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="538754" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]