Motorista que deixou motoboy em estado grave é indiciada por tentativa de homicídio

William Bittar - CBN Curitiba

motoboy acidente curitiba justiça

A motorista suspeita de deixar um motoboy gravemente ferido, na madrugada do dia 12 de junho, em Curitiba, foi indiciada pela Polícia Civil por tentativa de homicídio.

Conforme as investigações, Cassiane Aparecida Araújo Aires saiu de um bar, no bairro Rebouças, em Curitiba, embriagada, na companhia de duas amigas.

Segundo a polícia, o acidente aconteceu no cruzamento da Rua Nunes Machado com a Avenida Sete de Setembro. Câmeras de segurança da região registraram o momento da colisão onde a motorista passa por cima da calçada e da canaleta de ônibus, no trecho em que não é permitido o cruzamento.

Depois de atingir o motociclista, Cassiane Aires fugiu do local, sem prestar socorro à vítima. Mozart Martins, de 32 anos, ficou em estado grave, mas recebeu alta do hospital no dia 21 de junho.

Ela chegou a ser intimada para comparecer na delegacia de forma espontânea, mas como isso não aconteceu, foi solicitada a prisão preventiva que foi aceita pela justiça.

Na ocasião, a defesa de Cassiane disse que ela não se apresentou, pois, sofreu um abalo psicológico severo após o fato.

Cassiane Aires chegou a ficar presa, mas a Justiça aceitou o veículo dela como pagamento de fiança e ela responde o processo em liberdade.

Além da tentativa de homicídio, a motorista também poderá responder pelos crimes de omissão de socorro e fuga do local de acidente.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="773929" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]